ÁREA RESTRITA - Bem Vindo {NOME_USUARIO}


NOTÍCIAS

Associados da CDL aprovam proposta de construção da sede administrativa

Reunião foi realizada na Sede Campestre e reuniu dezenas de empresários associados, além de colaboradores.

02/07/2019 às 17h39
Atualizada em 09/07/2019 - 08h08

Em assembleia extraordinária, realizada na noite desta segunda-feira (1º), os associados da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Abelardo Luz, aprovaram a atualização do Estatuto Social e a proposta da diretora para construção do escritório da sede administrativa da entidade. A reunião foi realizada na Sede Campestre e reuniu dezenas de empresários associados, além de colaboradores.

Na oportunidade também foi feita a prestação de contas do balancete financeiro do mês de junho e debatidos outros assuntos de interesse do movimento lojista local. Outro assunto abordado foi o Recicla CDL que ocorrerá no dia 6 de julho e a promoção natalina com sorteio de um carro zero km e mais 84 prêmios que será lançada oficialmente em setembro.

De acordo com o presidente da CDL, Alvear Roque de Fabris, as obras de construção da sede administrativa serão executadas com recursos próprios e ajuda financeira por meio de empréstimo junto à Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Santa Catarina (FCDL/SC). Segundo ele, a previsão é iniciar as obras o mais breve possível com expectativa de término até o fim deste ano.

“O escritório será construído em um terreno próprio da CDL próximo ao Clube Real. Vamos fazer uma obra simples, com 120 metros quadrados, para atender todas as necessidades que temos para atendimento ao público e com auditório para palestras. Temos um orçamento de gastarmos R$ 90 mil. A Federação vai nos repassar uma parte do valor para construção, que logicamente teremos que devolver. Isso será em forma de empréstimo, mas sem juros, além de recursos próprios do caixa da CDL”, afirmou Alvear.

PROGRAMA JOVEM APRENDIZ

Após a discussão da pauta principal e da prestação de contas, foi aberto espaço para integrantes da Secretaria Municipal de Assistência Social falar sobre a Campanha contra o Trabalho Infantil e também sobre o Programa Jovem Aprendiz, ação que oportuniza a jovens e adolescentes a oportunidade do primeiro emprego, capacitação profissional e a conciliação do trabalho com a rotina de estudos.

“Existe uma legislação própria para contratação destes menores e as empresas têm dificuldades de colocar isso em prática. Por isso, tivemos essa importante explanação onde também contamos com o testemunho de algumas empresas que já contrataram menores com resultados bem positivos. Então as empresas também podem fazer o seu papel social dando uma oportunidade que pode fazer a diferença da vida de tantos jovens e adolescentes”, enfatizou Alvear.


Fonte: Assessoria Imprensa



SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM